Governo de São Paulo abrirá Hospital de Campanha na Santa Cecília

0 237

Na tentativa de reduzir o número de vítimas da Covid-19 na Capital, o governador João Doria anunciou, em coletiva de imprensa recente, que vai ativar mais um hospital de campanha. A previsão é que a unidade com 180 leitos exclusivos para casos graves da doença comece a receber pacientes no final de março deste ano.

Segundo Doria, as instalações foram cedidas pela iniciativa privada ao Governo de São Paulo, responsável por cuidar de sua montagem bem como dos equipamentos.

O serviço, que vai receber o nome de Hospital de Campanha Metropolitano, está localizado no bairro de Santa Cecília e terá 130 leitos de enfermaria e 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para atender casos graves que precisem de intubação e recursos mais complexos, e, se necessário, atuará como referência para a Grande São Paulo e outras regiões próximas. “Há possibilidade de aumentar o número de leitos”, destacou.

A Secretaria de Estado da Saúde selecionará a Organização Social de Saúde que vai operacionalizar o hospital em parceria com a pasta. O investimento estimado será em torno de R$ 12 milhões por mês para custeio e montagem do novo serviço. No total, 900 profissionais atuarão no hospital: cerca de 150 médicos, além de enfermeiros, técnicos e funcionários administrativos.

Para o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, a ativação de mais um hospital de campanha é extremamente importante porque, na atualidade, 63 dos 645 municípios de São Paulo atingiram seu limite de ocupação dos leitos de UTIs.

Ao navegar você concorda que use cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. AceitarLeia mais